Procure no Blog

4 de mai de 2013

FUTEBOL DO PIAUI 2013: TUDO PRONTO PARA OS ÚLTIMOS JOGOS DAS SEMI-FINAIS


Comente agora
Célio, volante do River-PI (Foto: Wenner Tito)Célio já se diz adaptado à nova função e recebe
elogios pelo desempenho (Foto: Wenner Tito)
Na última semana, na vitória por 2 a 1 sobre o Piauí pelas semifinais do Campeonato Piauiense, o volante Célio foi um dos jogadores mais elogiados do River-PI pelo seu desempenho. Sendo considerada a sua melhor partida pelo tricolor, Célio tem a aprovação do treinador Edson Porto e se diz adaptado à função tática que lhe foi pedida.
Originalmente, Célio joga na posição de segundo volante, sendo responsável pela transição da bola da defesa para o ataque. No entanto, no decorrer do campeonato, o primeiro volante Chicão passou a ser utilizado na defesa, e assim coube a Célio jogar na proteção à zaga, o que de início não foi muito fácil.
- Eu sou um jogador mais de saída, então às vezes era difícil me conter lá atrás, queria sair jogando. Mas não tenho preferência, jogo onde puder jogar, e agora estou mais confiante, com mais ritmo ali – afirma.
A adaptação também foi elogiada pelo treinador. Edson diz que vê qualidades em Célio tanto na marcação quanto na saída de bola, e que a saída dele no final do segundo tempo contra o Piauí fez falta ao time.
- Setor defensivo vinha muito bem, estruturado, e deu uma caída quando ele saiu. É um volante que joga muito bem principalmente na 2ª função, de saída. Tivemos que utilizar ele mais atrás quando o Chicão foi deslocado, mas ele se adaptou muito bem após alguns jogos – diz.
No próximo domingo (5), River-PI e Piauí retornam ao Lindolfo Monteiro para decidir quem vai para a grande final. O Galo joga pelo empate e, caso seja derrotado pelo Enxuga Rato no tempo normal, joga novamente pela igualdade na prorrogação. Mesmo com a vantagem, Célio não acredita que o time vai para se defender e dá a receita da vitória.
- É só jogar do mesmo jeito que estamos jogando, tocando sempre a bola e buscando o gol. O nosso time não sabe jogar pelo empate – afirma.




CÉLIO ADAPTADO NO POLEIRO DO GALO



Célio, volante do River-PI (Foto: Wenner Tito)Célio já se diz adaptado à nova função e recebe
elogios pelo desempenho (Foto: Wenner Tito)
Na última semana, na vitória por 2 a 1 sobre o Piauí pelas semifinais do Campeonato Piauiense, o volante Célio foi um dos jogadores mais elogiados do River-PI pelo seu desempenho. Sendo considerada a sua melhor partida pelo tricolor, Célio tem a aprovação do treinador Edson Porto e se diz adaptado à função tática que lhe foi pedida.
Originalmente, Célio joga na posição de segundo volante, sendo responsável pela transição da bola da defesa para o ataque. No entanto, no decorrer do campeonato, o primeiro volante Chicão passou a ser utilizado na defesa, e assim coube a Célio jogar na proteção à zaga, o que de início não foi muito fácil.
- Eu sou um jogador mais de saída, então às vezes era difícil me conter lá atrás, queria sair jogando. Mas não tenho preferência, jogo onde puder jogar, e agora estou mais confiante, com mais ritmo ali – afirma.
A adaptação também foi elogiada pelo treinador. Edson diz que vê qualidades em Célio tanto na marcação quanto na saída de bola, e que a saída dele no final do segundo tempo contra o Piauí fez falta ao time.
- Setor defensivo vinha muito bem, estruturado, e deu uma caída quando ele saiu. É um volante que joga muito bem principalmente na 2ª função, de saída. Tivemos que utilizar ele mais atrás quando o Chicão foi deslocado, mas ele se adaptou muito bem após alguns jogos – diz.
No próximo domingo (5), River-PI e Piauí retornam ao Lindolfo Monteiro para decidir quem vai para a grande final. O Galo joga pelo empate e, caso seja derrotado pelo Enxuga Rato no tempo normal, joga novamente pela igualdade na prorrogação. Mesmo com a vantagem, Célio não acredita que o time vai para se defender e dá a receita da vitória.
- É só jogar do mesmo jeito que estamos jogando, tocando sempre a bola e buscando o gol. O nosso time não sabe jogar pelo empate – afirma.


PARNAHYBA MESMO SEM TER REPETIDO EQUIPE NA COMPETIÇÃO ESTÁ PRONTO PARA O FLAMENGO


Paulo Moroni, treinador do Parnahyba (Foto: Josiel Martins)Paulo Moroni após classificação do Parnahyba para
semifinais do Piauiense  (Foto: Josiel Martins)
Regularidade. É o que busca o treinador Paulo Moroni no Campeonato Piauiense. Mas encontrar uma sequência na formação do time titular do Parnahyba anda um pouco complicado. No Estadual, o técnico não conseguiu repetir uma escalação nos 15 jogos da equipe na competição. Foram 36 modificações ao longo do torneio, seja por lesões, dispensas de jogadores cumprimento de suspensão automática ou deficiência técnica.
Se compararmos a equipe no primeiro jogo do Estadual, no dia 27 de janeiro, contra o Barras, com a última partida, a semifinal contra o Flamengo-PI, Moroni contou com sete jogadores diferentes: o goleiro Aranha; os laterais Ivan; o zagueiro Gilmar Bahia; os volantes Ramon e Eduardo, além dos atacantes Zé Rodrigues e Everton Felipe não estrearam no Tubarão. No gol – posição de confiança do treinador – foram três modificações. Defendo a meta do Parnahyba, passaram Rodrigues (quatro jogos), Ribamar (três rodadas) e Aranha, que assegurou a vaga e está há oito partidas como titular.
- Infelizmente ainda não temos ou encontramos uma regularidade. A maioria dos jogadores não apresentou uma sequência boa e foi substituída por quem estava melhor. Mas quem possui o rendimento dentro do esperado se manteve – explicou Paulo Moroni.
O argumento de Moroni tem fundamento. Sete jogadores têm sido a base do Parnahyba na temporada. Um deles é o atacante Fabinho, que desfalcou a equipe em apenas uma partida. Ao todo, foram 14 jogos. Com um jogo a menos, está o zagueiro Eridon. A lista dos mais utilizados por Moroni ainda conta com Rian, na lateral esquerda (12 jogos); o meia Capela e o volante Totonho, ambos com 10 jogos cada.
Zé Rodrigues e Barata, em treino do Parnahyba (Foto: Renneé Fontenele/Portal Azulino)Zé Rodrigues e Barata, em treino do Parnahyba. Artilheiro do Tubarão, Zé Rodrigues entrou como titular em 10 jogos. Barata, em oito  (Foto: Renneé Fontenele/Portal Azulino)
A escalação para o confronto decisivo contra o Flamengo-PI, válido pelas semifinais do Estadual, será mais uma vez modificada: o atacante Everton Felipe foi dispensado por problemas disciplinares. Por outro lado, Moroni terá a volta do zagueiro Eridon, que cumpriu suspensão automática no jogo em Teresina. Precisando forçar a prorrogação para reverter à vantagem do empate, o treinador deseja encontrar uma solução para garantir vaga na final.
- Temos que ter uma mudança para surpreender o Flamengo-PI e deixar o regulamento ao nosso favor na prorrogação – comentou Moroni.
Parnahyba e Flamengo-PI fazem o segundo jogo das semifinais neste domingo (5), às 16 horas, no Estádio Mão Santa. Em casa, o Tubarão precisa de uma vitória no tempo normal para forçar o tempo extra e jogar pelo empate. A Raposa se classifica para a final com um simples empate dentro dos 90 minutos. No primeiro jogo, o rubro-negro venceu por 2 a 0.
FONTE:GLOBOESPORTE.COM/PIAUI

3 de mai de 2013

FUTEBOL DO PIAUI 2013: VAI COMEÇAR O SUB-20



FFP se reúne com clubes filiados para definir o formato do Campeonato Piauiense Sub-20 de 2013
                Os dirigentes de clubes filiados à FFP estão convocados para reunião nesta sexta-feira (03), a partir das 17h30, na presidência da entidade, para discutir e definir os primeiros critérios do Campeonato Piauiense Sub-20 de 2013. O torneio começa já neste mês de maio e segue até agosto. A coordenação do campeonato é do Departamento de Futebol Amador da FFP, que tem como diretor o professor Daniel Araújo.

Uma das metas da reunião já é definir o calendário oficial do evento, as regras para os atletas a serem convocados e o congresso técnico. Daniel Araújo já adianta que a faixa etária permitida para participar é para os nascidos entre 1994 e 1998.  “Vamos discutir quem poderá ser o legítimo represente piauiense na Copa São Paulo de Futebol Júnior e vamos deixar bem claro sobre a adequação às regras do campeonato, pois o campeão só poderá participar do evento paulista, que é de grande projeção, se preencher uma série de exigências”, esclareceu.

O atrativo do campeonato Sub-20, sem dúvida, é que o campeão estará automaticamente carimbado para a Copa SP de Futebol Júnior de 2014, que é realizada em janeiro, na qual estarão grandes clubes e é promovida pela Federação Paulista de Futebol. Em janeiro desse ano, o Barras (campeão Sub-18) disputou o torneio paulista, mas foi eliminado ainda na primeira fase. É a primeira vez que a FFP realiza um campeonato sub-20.

29 de abr de 2013

FUTEBOL DO PIAUI 2013: CLÁSSICO PIAUI E RIVER UM JOGO QUE VALE COMO TIRA TEIMA


Piaui x River iniciam o outro confronto da semifinal

Neste campeonato o Piauí ainda não perdeu para o River.
Com a vantagem de poder empatar todos os seus jogos para tornar-se campeão piauiense e quebrar o jejum de cinco anos sem título, o River começa na noite desta segunda-feira (29), diante do Piauí, o outro confronto da fase semifinal do Campeonato Piauiense, em jogo programado para as 20 horas, no Estádio Municipal Lindolfo Monteiro.

A excelente campanha da Fase Classificatória permitiu que o Galo não possa mais ser alcançado no item "melhor índice técnico". Mesmo que o Flamengo some mais três pontos, vencendo o Parnahyba no segundo jogo, e o River apenas empate as duas partidas contra o Piauí, a vantagem, na decisão do certame, será do River. Empatar todos os jogos, inclusive as prorrogações, é tudo que o time do técnico Edson Porto precisa para levantar o título.

Tanto Piauí quanto River não apresentam grandes problemas para seus respectivos treinadores. No Galo, o desfalque é Isael William, que foi expulso na última partida e terá de cumprir a suspensão automática. Fernando Tonet, no Piauí, permanece sem o zagueiro Thiago Campelo, que continua entregue ao departamento médico.

TIMES PROVÁVEIS

Piauí - Lucas; Pablo, Rafael Negão, Neto Carioca e Aílson; Binha, Diego, Maninho e Darley; Fabiano e Boiadeiro. Técnico: Fernando Tonet.

River - Robinho, Tote, Chicão, Jó e Zé Rodolpho; Célio, Neto, Thiago Marabá e Jeferson; Anderson Kamar e Maranhão. Técnico: Edson Porto.

Desse confronto sairá o adveersário de Flamengo ou Parnahyba.
ARBITRAGEM

Arbitragem: Afonso Amorim de Sousa.
Assistente 1: Francisco Nurisman Machado Gaspar.
Assistente 2: João Thiago Carvalho Reis.
4º árbitro: Rogério de Oliveira Braga.
5º árbitro: Antonio Francisco Cordeiro de Paula.

COMO SERÁ ESTA SEMIFINAL

Quem vencer este primeiro jogo, jogará pelo empate no próximo domingo. Se houver empate hoje, o vencedor do jogo de domingo estará classificado. Se cada time vencer uma partida ou haver empate nos dois jogos, haverá uma prorrogação de 30 minutos após o segundo jogo, onde, neste tempo extra, o River, por ter melhor índice técnico, jogará pelo empate.

OS ÚLTIMOS CONFRONTOS

14/04/2013 - Piauí 2x1 River - Campeonato Piauiense
03/03/2013 - River 1x1 Piauí - Campeonato Piauiense
12/09/2012 - River 3x3 Piauí - Copa Piauí
12/08/2013 - Piauí 0x2 River - Copa Piauí
17/06/2012 - Piauí 2x3 River - Campeonato Piauiense
16/05/2012 - River 0x1 Piauí - Campeonato Piauiense
16/06/2011 - Piauí 0x2 River - Campeonato Piauiense
10/04/2011 - River 4x1 Piauí - Campeonato Piauiense

FONTE:SITEDOBUIM.BLOGSPOT.COM

FUTEBOL DO PIAUI 2013: PIAUI E RIVER INICIAM HOJE DISPUTA PARA A GRANDE FINAL


29/04/2013 08h00 - Atualizado em 29/04/2013 08h00


Por Wenner TitoTeresina
River-PI fazem nesta segunda-feira, às 20 horas, o jogo de ida entre as duas equipes pela semifinal do Campeonato Piauiense. A partida, que será realizada no Estádio Lindolfo Monteiro, marca o início da disputa por uma vaga na decisão do Estadual 2013, torneio que ambas as equipes não conquistam já há algum tempo.
O Piauí chegou na semifinal com uma classificação sofrida. Com uma campanha irregular no campeonato, o Enxuga Rato entrou a última rodada dependendo apenas de si mesmo para passar de fase, mas começou seu jogo perdendo de 3 a 1 para o Picos e vendo se formar uma combinação de resultados que o tirava do G-4. No entanto, o time buscou o empate e agora, nas palavras do elenco, inicia um novo campeonato para superar suas metas.
O adversário do Rubro-Anil será o River-PI. Time de melhor campanha do Piauiense, o tricolor classificou-se para as semifinais com quatro rodadas de antecedência, e fez seu último jogo com a primeira posição já assegurada. A superioridade na primeira fase lhes valeu a vantagem do empate caso a vaga para a final seja decidida na prorrogação.
A arbitragem do primeiro jogo da semifinal ficará por conta de Afonso Amorim de Sousa, que será auxiliado por Francisco Nurisman Machado Gaspar e João Thiago Carvalho Reis. O quarto árbitro será Rogério de Oliveira Braga.
header as escalações 2 (Foto: arte esporte)
Piauí: Satisfeito com o desempenho do time nas últimas partidas, o técnico Fernando Tonet deve manter a base da equipe que vem jogando, contando agora com o retorno de Diego, que estava suspenso no último jogo. Assim, o Piauí deve entrar em campo com: Lucas, Phabollo, Rafael Negão, Neto Carioca e Aílson; Binha, Diego, Maninho e Darley; Fabiano e Boiadeiro.
River-PI: Na derrota da última rodada, o River-PI entrou em campo com uma equipe recheada de reservas. Os jogadores titulares devem voltar à ação na semifinal, e o time base deve ser: Robinho, Totty, Chicão, Aderaldo e Zé Rodolpho; Célio, Neto, Thiago Marabá e Jeferson; Maranhão e Kamar.
header quem está fora (Foto: Editoria de Arte/Globoesporte.com)
Piauí: No Enxuga Rato apenas um jogador está de fora da partida, mas faz bastante falta. O zagueiro Thiago Campelo se lesionou justamente na partida contra o River-PI em partida do segundo turno e só deve estar em condições de jogo no caso de uma eventual classificação para as semifinais.
River-PI: Do lado do Galo, também apenas um jogador está fora. O meio campo William Costa foi expulso no jogo contra o Parnahyba na última rodada e cumpre suspensão automática.
header fique de olho 2 (Foto: arte esporte)
Piauí: Começando a temporada com muitas expectativas em cima dele, Boiadeiro não rendeu o que estava acostumado na temporada 2012 e perdeu a vaga de titular. No entanto, o atacante voltou a marcou gols, tomou o seu posto de volta, e diz que a boa fase deve continuar.
River-PI: Thiago Marabá é o cérebro do Galo no meio campo, o homem responsável por distribuir as jogadas. Tido como principal jogador do time, o meio-campista agora precisa mostrar que também pode assumir a responsabilidade em jogos decisivos.
header o que eles disseram (Foto: arte esporte)
Fernando Tonet, técnico do Piauí: “Não temos uma equipe tão técnica e tão experiente como o River-PI, mas a história do futebol está cheia de exemplos em que o time que não era favorito acabou levando a melhor.”
Edson Porto, técnico do River-PI: “Vamos jogar para vencer, claro, respeitando o adversário (Piauí) que fez dois jogos difíceis na primeira fase.”
header números e curiosidades (Foto: arte esporte)
* Em relação aos números do setor defensivo, River-PI e Piauí representam opostos. Enquanto o Galo tem a segunda melhor defesa da competição, sofrendo apenas 15 gols em 14 jogos, o Enxuga Rato tem a segunda mais vazada, após levar 25 gols dos adversários.
header último confronto v2 (Foto: arte esporte)
  Piauí e River-PI jogaram pela última vez no dia 14/04, em jogo válido pela 13ª rodada do Piauiense. Na ocasião, Darley e Fabiano marcaram os gols da vitória do Enxuga Rato por 2 a 1, com o jovem Rhuann descontando para o Galo.
FONTE:GLOBOESPORTE.COM/PIAUI

PREVISÃO DO TEMPO NAS PRINCIPAIS CIDADES DO PIAUÍ

Globo e Band