Procure no Blog

24 de jun de 2013

FUTEBOL DO PIAUI 2013;RIVER CONHECE MAIS UMA DERROTA NOS TRIBUNAIS


Por Emanuele Madeira e Aline RodriguesTeresina

Comente agora
TJD-PI (Foto: Renan Morais/GLOBOESPORTE.COM)TJD-PI decidiu, por unanimidade, manter o título
do Parnahyba, campeão Piauiense deste ano
(Foto: Renan Morais/GLOBOESPORTE.COM)
Por unanimidade, o Tribunal de Justiça Desportiva do Piauí (TJD-PI) decidiu, na noite dessa segunda-feira (24), o manter o título de campeão Piauiense do Parnahyba. Com isso, o time continua com a vaga na Copa do Brasil do próximo ano e tendo direito à premiação do Estadual. O River-PI irá recorrer da decisão ao Superior Tribunal de Justiça (STJD).
Baseada na última votação sobre o assunto, a diretoria tricolor entrou com uma ação deembargo da decisão que confirmava a conquista do Parnahyba após uma votação de 5 a 1. A tentativa era que os auditores reanalisassem a pauta para que fosse alterado o resultado do último julgamento. Segundo o advogado do River-PI, Augusto Chabloz, o julgamento não adiantou de nada para a equipe tricolor.
- A nosso ver, continuam as mesmas irregularidades. O julgamento não serviu de nada. O TJD-PI não apresentou o entendimento jurídico necessário – afirma Augusto Chabloz.
O diretor de futebol do tricolor, Evaldo Carvalho, esteve presente no julgamento desta segunda-feira. Durante a leitura doa autos, ele trocava olhares de reprovação com a bancada de advogados do River-PI.
- Já esperávamos que a decisão seria mantida. Agora estamos com tudo pronto para recorrer na instância superior. No STJD, eu acredito que possamos ganhar. O River-PI está baseado na própria opinião do presidente do TJD que admitiu que, no seu entendimento, o Eridon jogou de forma irregular – contesta Evaldo.
No entendido do presidente do Tribunal de Justiça Desportiva, José do Egito, a partida automática não serviria para descontar um dos cinco jogos de suspensão dada ao jogador. Em outras palavras, Eridon deveria ter cumprido três jogos de suspensão para que o efeito suspensivo pudesse valer. O jogador, no entanto, cumpriu apenas dois.
Para o presidente do Parnahyba, José Lima, a atitude do River-PI é somente para atrapalhar a equipe do litoral.
- O Tribunal tem sido mais do que coerente. O Eridon entrou em campo com uma determinação concedida pelo próprio TJD. O River-PI quer somente atrapalhar. Eles não souberam ser eficientes. Nós ganhamos na casa deles. Eles é que foram incapazes. Esperamos que exista o reconhecimento por parte da instancia superior, mesmo com a opinião contrária, dada pelo presidente do TJD. É a opinião dele contra a dos demais – afirmou José Lima.
O tricolor agora espera o acórdão, que é a decisão final do julgamento, para entrar com um recurso no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). No Piauí não existem mais instâncias para se recorrer.
- Quanto à premiação, também não há o que se discutir. Enquanto o processo tiver em tramitação, enquanto estiver em julgamento a premiação, ela continua suspensa. Os advogados do River-PI vão recorrer ao STJD já que todas as instâncias processuais no Piauí já foram esgotados. Enquanto houver pendencia judicial, não haverá liberação – decreta José do Egito.
FONTE:GLOBOESPORTE.COM/PIAUI

Nenhum comentário:

PREVISÃO DO TEMPO NAS PRINCIPAIS CIDADES DO PIAUÍ

Globo e Band