Procure no Blog

26 de jan de 2013

FUTEBOL DO PIAUI 2013:COMEÇA HOJE A FESTA DO FUTEBOL PIAUIENSE




Cori-Sabbá e River abrem o Campeonato Piauiense

Reforçado, Cori-Sabbá quer arrancar três pontos logo na estréia (Foto: Agostinho Cavalcante)
Está tudo pronto. Às 16 horas deste sábado (26), no Estádio Tibério Nunes, em Floriano (240 km de Teresina), a bola rola para Cori-Sabbá e River, dando início ao 13° Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais do século XXI. Fora das quatro linhas, uma grande expectativa gira em torno da largada da competição promovida pela FFP.

Em Floriano, a torcida não pode reclamar da falta de investimento. Dentro de suas possibilidades, a diretoria do Cori-Sabbá contratou jogadores que, sem sombra de dúvidas, darão uma nova cara ao representante da cidade, que busca a reconquista da hegemonia do futebol piauiense, obtida em 1995, nos tempos em que o hoje treinador, Vanin, revelava-se como excelente lateral esquerdo.

A dupla Kamar-Pantico: largar com gols e vitória é tudo que a torcida tricolor está esperando (Foto: Ramiro Pena/Acessepiauí)
De jovens revelações da casa, como o meia-atacante Jader, aos reforços mais experientes, como Baby (goleiro, ex-Barras), Cleiton Mendes (zagueiro) e Toni (atacante), campeões pelo Comercial em 2010, o Cori-Sabbá uma equipe que, positivamente, não fará o papelão de competições anteriores. O técnico Vanin, cauteloso, vai começar a partida utilizando o 3-5-2.

Igual procedimento do técnico Anibal Lemos que, por outro lado, vai a compo com um time recheado de estrelas, do goleiro Robinho aos atacantes Anderson Kamar e Pantico. A julgar pelo investimento e pelos jogadores que estarão em campo, favoritismo para o River. Mas como joga em casa, diante de sua torcida, o Cori-Sabbá também vai jogar em busca dos três pontos.

TIMES PROVÁVEIS

Cori-Sabbá - Baby; Hans Muller, Cleiton Mendes e Fagundes; Pierre, Jackson, Jader, Diego Potiguar e Cleiton Maranhense; Toni e Cafezinho.

River - Robinho; Marcelão, Jó e Alisson; Ênio, Célio, Israel, Thiago Marabá e Jardel; Anderson Kamar e Pantico.

ARBITRAGEM

Antônio Dib Moraes de Sousa será o árbitro central, com trabalhos laterais dos assistentes Francisco Nurisman Machado Gaspar e Karol Vinícius Mendes Soares Martins. O quarto árbitro será João Thiago Carvalho Reis.

INGRESSOS

Preço único em qualquer setor: R$ 10,00
Mulher, estudante e idoso (em qualquer setor): R$ 5,00
Criança até 10 anos: entrada gratuita.

Toni já cabeceou e corre para comemorar. Álvaro está batido e a bola na rede. É o 3° gol do River naquele domingo de 1996. Domingo de título e volta olímpica para o Tricolor.
UM JOGO NA HISTÓRIA

A final do Campeonato Piauiense de 1996 foi a única vez em que Cori-Sabbá e River decidiram o título da principal competição da FFP. Na realidade, era a decisão do 2° turno, e o River, campeão do 1°, buscava o título de ponta a ponta, sem necessidade de outros confrontos decisivos. Na primeira partida, em Floriano, vitória do Cori, por 2 a 1. 

Em 22/09/1996, no jogo de volta, a torcida tricolor foi em bom número ao Lindolfinho, acreditando que o Galo poderia reverter a vantagem do adversário, que jogava pelo empate para ser campeão do returno e forçar uma decisão de campeonato. No tempo normal, River 2 a 0, com gols de Didi e Bertinho. Pelo regulamento, vitória de cada time levaria a decisão do returno para uma prorrogação. E no tempo extra de 30 minutos, um gol de Toni garantiu a vitória tricolor, que significou o título do 2° turno e, por extensão, o título de campeão piauiense de 1996, quebrando um jejum de 6 anos e impedindo o Cori-Sabbá de conquistar o bicampeonato.

Flamengo: plantel montado para ser novamente campeão

Na última competição de 2012, Flamengo terminou com o título de campeão.
A disputa do Campeonato Piauiense e da Copa do Brasil levou a diretoria do Esporte Clube Flamengo a não poupar esforços para montar um time competitivo, capaz de ser campeão e buscar, no mínimo, repetir o mesmo desempenho que teve na Copa do Brasil de 2001 - só foi eliminado na terceira fase (pelo Corinthians), depois de passar por Moto Clube e Sport Recife.

Do time que sagrou-se campeão da última Copa Piauí, já não conta com Marcelão, Samuel, Célio, Marcos Portugal, Da Silva,  Ítalo e Jeferson Maranhense, além do técnico Oliveira Canindé. Todas as lacunas, porém, foram preenchidas com profissionais do mesmo nível. A ponto da diretoria liberar outros campeões como Wnderson, Igor, Lima e Jonierick para empréstimo. É um dos favoritos ao título.
  
PRINCIPAIS TÍTULOS

17 vezes campeão piauiense da 1ª divisão -1939, 1942/43/44 (tri), 1947, 1964/65 (bi), 1970/71 (bi), 1976, 1979, 1984, 1986/87/88 (tri), 2003 e 2009.

3 vezes campeão da Copa Piauí - 2008/09 e 2012 (tri, pois a competição não foi realizada em 2010 e 2011).

2 vezes campeão da Taça Estado do Piauí - 1970 e 2009.

1 vez campeão da Taça Cidade de Teresina - 2009.

CLASSIFICAÇÃO NOS TRÊS ÚLTIMOS CAMPEONATOS

2012 - Vice-campeão.
2011 - 8° lugar
2010 - 4° lugar

ÚLTIMOS RESULTADOS

Apesar da apresentação ter ocorrido no dia 02 de janeiro, a comissão técnica preferiu evitar jogos-treinos contra times amadores. Para o técnico Celso Teixeira, o ideal seria algum amistoso contra time profissional. A diretoria, porém, não conseguiu agendar adversários. Resumo da ópera: a exemplo do Barras, o Flamengo também não fez amistoso ou jogo-treino em 2013.

O TREINADOR

O paulista Celso Luiz Teixeira já mostrou, em menos de um mês, que tem vasto conhecimento na sua área de atuação dentro do futebol. Experiente, já viveu todo tipo de situação. De clubes da Série A a times de menor expressão. É a primeira vez que trabalha no futebol do Piauí. Não esconde que chegar em primeiro e colocar a faixa de campeão é o único objetivo. "Prá mim, os três resultados do futebol são vencer, vencer e vencer".

Logo na sua apresentação, fez questão de afirmar que, na sua visão, "são vocês, os atletas, que ganham ou que perdem". Como não concordamos com esta assertiva, a presença de Celso Teixeira à frente do plantel montado pelo vice-campeão piauiense será de grande importãncia para a equipe conquistar os resultados positivos e sagrar-se campeão piauiense mais uma vez.

Os chutes de Niel voltam a se constituir em poderosa arma do Flamengo contra os adveresários (Foto: Renato Bezerra).
PRINCIPAL ÍDOLO

Experiente, versátil, profissional e cria da casa. Estas sao apenas quatro das muitas virtudes que fazem de Niel, hoje, o principal ídolo do time rubro-negro. Como muito poucos, é habilidoso tanto na hora de defender quanto na de atacar. A eficiência é a mesma. Pode ser utilizado na ala direita e na cabeça da área.

O chute forte também é uma das características de Antoniel dos Santos França que, aos 33 anos (Teresina-PI, 14/04/1979), vai em busca de seu terceiro título de campeão piauiense como jogador do Flamengo. Com ele entre os titulares, o Rubro-Negro conquistou os campeonatos de 2003 e 2009. Se jogar tudo que sabe, o time é ele e mais dez.

O PLANTEL PARA 2013

Goleiro - Robson, Edson Delone e Wadson.
 Laterais pela direita - Niel, Jorginho e Henrique.
Zagueiros - Rafael Araújo, Wildinho, Duda, Laércio, Pedro e Maninho.
Laterais pela esquerda - Rafinha e Miller.
Volantes - Alessandro, Bruno Potiguar, Marcelo, Yago, Ribeiro e Teté.
Meias - Danilo Bahia, Neílson, Darlan e Elói Dias.
Atacante - Edson Di, Carlinhos, Augusto, Rafamar, João Victor e Selton.

PRÓXIMOS JOGOS

27/01 (domingo) - Lindolfo Monteiro,  Teresina, contra a SEP (17h00).
03/02 (domingo) - Lindolfo Monteiro, em Teresina, contra o Piauí (17h00)
06/02 (quarta) - Lindolfo Monteiro, em Teresina, contra o Parnahyba (20h00)


SÁBADO (26)

16h00 - Tibério Nunes, em Floriano - CORI-SABBÁ X RIVER
Árbitro: Antônio Dib Moraes de Sousa.
Assistente 1: Francisco Nurisman Machado Gaspar.
Assistente 2: Karol Vinícius Mendes Soaes Martins.
4° Árbitro: João Thiago Carvalho Reis.


20h00 - Ytacoatiara, em Piripiri - 4 DE JULHO X PIAUÍ
Árbitro: Leonardo Marques Fortes.
Assistente 1: Rogério de Oliveira Braga.
Assistente 2: Izaura de Sousa e Silva.
4° Árbitro: Antônio Sérgio de Sousa Araújo.

 DOMINGO (27)

17h00 - Juca Fortes, em Barras - BARRAS X PARNAHYBA 
Árbitro: Francisco Pereira de Lima Júnior.
Assistente 1: José Nilton da Costa.
Assistente 2: Mauro Cezar Evangelista de Sousa.
4° Árbitro: Moacir Sena da Silva.

17h00 - Lindolfo Monteiro, em Teresina - FLAMENGO X PICOS
Árbitro: Antônio Santos Nunes.
Assistente 1: Thyago Costa Leitão.
Assistente 2: Edmilson Timóteo da Silva.
4° Árbitro: Luiz Gonzaga de Sousa Filho

FONTE:SITEDOBUIM.BLOGSPOT.COM

Um comentário:

Anônimo disse...

o Presidente Vargas é Estadio Publico, se sim é muito facil de resolver o problema é só o poder Publico não ceder o presidente vargas para os dois timinhos da capital mandarem seus jogos e a Federação Cearence vetar o mesmos, ai obriga eles jogarem no Castelão. Apesar de ser um absurdo num Estado como o Ceará carente de tudo para população ter 2 estadios Publico na capital. Pergunto será que em Fortaleza tem um Hospital Publico como o Castelão ou até mesmo como o Pv.

PREVISÃO DO TEMPO NAS PRINCIPAIS CIDADES DO PIAUÍ

Globo e Band