Procure no Blog

5 de out de 2012

COPA PIAUI 2012: FOTOS DE UM TIME CAMPEÃO E GUERREIRO











FOTOS: THIAGO AMARAL
                                         FONTE: PORTALDACLUBE

COPA PIAUI 2012: FLAMENGO APLICA TRÊS NO RIVER E LEVA TITULO DA COPA PIAUI

Aconteceu na final da Copa Piauí o que não representa nenhuma novidade no futebol: um time em desvantagem reagir, jogar muito e vencer. Na história do clássico Rivengo já tivemos resultados que produziram grandes conquistas e levantaram times que pareciam perdidos. Pois o River tinha três alternativas para ser campeão(vencer, empatar e até perder por um gol). Para o Flamengo a saída era vencer por dois gols de diferença.


Foi o jogo começar e ficar clara a diferença entre as duas equipes. O River errava tudo e o Flamengo colocava em prática um futebol rápido e de muíta garra. A defesa riverina era envolvida com facilidade e apelava seguidamente para as faltas, ao ponto de cometer dois pênaltis e ter Renan expulso aos 35 minutos.

O técnico Aníbal Lemos acabara de tirar de campo o zagueiro Leandro que estava cavando sua própria expulsão, quando o outro zagueiro ganhou o cartão vermelho. Foi um golpe para as pretensões do técnico de melhorar o rendimento da equipe.

O Flamengo marcou com muíta eficiência e teve em Augusto um ótimo jogador para comandar os contra-ataques. No ataque riverino a bola somente chegava pelo alto, facilitando a tarefa de Laércio, Wildinho e Célio. Com a marcação do terceiro gol aos 10 minutos do segundo tempo, o Flamengo garantiu a vitória com a diferença que necessitava.  E foram criadas situações para uma goleada,tipo 5 x 0.

Ficha técnica de Flamengo 3 x 0 River:

Local - Estádio Lindolfo Monteiro

Primeiro tempo - Flamengo 2 x 0, gols de Jéferson aos 7 minutos e Jéferson aos 16, ambos cobrando pênaltis.

Segundo tempo - Flamengo 1 x 0, gol de Augusto aos 10 minutos.

Final - Flamengo 3 x 0 River


Flamengo - Robson; Jorginho(Marcos Vinícius), Laércio, Wildinho e Samuel; Célio, Augusto, Bruno Potiguar e  Flavinho; Carlinhos(Marcos Portugal) e Jéferson(Darlan). Técnico - Oliveira Canindé.


River - Robinho; Tote(Cristiano), Leandro(Péricles), Renan e Jardel; Jó, Binha, Tela(Crislan) e Mimi; Ánderson Kamar e Maranhão. Técnico - Aníbal Lemos

Árbitro - Antônio Dib Moraes Sousa

Assistentes - Edmilson Timóteo e José Valmir dos Santos Xavier

Quarto árbitro - Júlio César de Oliveira

Quinto árbitro - Thyago Costa Leitão

Renda - R$ 23.150,00

Público pagante - 2.079 torcedores

Público não pagantes - 737.

Total - 2.809

Somando com os caronas, tivemos mais de 3.000 torcedores no Lindolfo Monteiro.

No final do jogo a torcida do Flamengo invadiu o campo para comemorar a conquista do título da Copa Piauí e da vaga para a Copa do Brasil de 2013. Os riverinos saíram do Estádio lamentando a péssima atuação da equipe, que estava mantendo uma invencibilidade de 11 jogos.O Flamengo ficou com o troféu Portela Nazar e o River com o troféu Hélio Lustosa.


FONTE:Dídimo de Castro
didimodecastro@cidadeverde.com

COPA PIAUI 2012:FLAMENGO CAMPEÃO

Flamengo renasce, vence o clássico e conquista o tri Flamengo conquista o tricampeonato da Copa Piauí (Foto: Ramiro Pena - Acessepiauí) Com um futebol envolvente desde os primeiros minutos, o Flamengo mostrou um grande futebol, derrotou o River por 3 a 0 e sagrou-se tricampeão da Copa Piauí, assegurando o direito de também representar o futebol piauiense na Copa do Brasil 2013, ao lado do Parnahyba, campeão estadual da temporada. O time rubro-negro foi de uma aplicação surpreendente. Desde o início da partida, a equpe do técnico Oliveira Canindé buscou o gol e logo aos 7 minutos o ala direita Jorginho sofreu pênalti, cometido por Renan. Na cobrança, Jefferson Maranhense chutou no canto direito do goleiro Robinho, que foi para o lado oposto. No segundo gol do Flamengo, Robinho cai para a direita, com a bola entrando à sua esquerda (Foto - Severino Filho - Buim) O gol mudou por completo a história do clássico. Enquanto o Flamengo ganhou uma injeção de ânimo, o River recebeu uma pedra de gelo sobre toda a equipe. O reflexo foi imediato. O Flamengo passou a dominar o adversário inteiramente e o segundo gol veio em nova penalidade máxima. Desta feita foi Augusto, com grande atuação, quem sofreu a falta máxima. Na cobrança, o mesmo Jefferson Maranhense. Ele mudou o canto do chute, Robinho o da caída. E a bola entrou à esquerda do goeliro tricolor. Com 2 a 0, o Flamengo já tornava-se campeão. E jogava melhor. Desperdiçou várias oportunidades e o placar de 2 a 0, do primeiro tempo, foi injusto para o Flamengo. Ex-atleta do River, Augusto viveu um dia de glória, consistindo-se no grande nome do jogo (Foto - Ramiro Pena - Acessepiauí) Ao River, restava buscar forças. E se com 11 estava difícil, calcule com um a menos, em face da expulsão de Renan, ainda no primeiro tempo, após ser advertido com cartão amarelo pela segunda vez. O panorama do segundo tempo não mudou. O Flamengo continuou perdendo gols, e Auguto, em contra-ataques rápidos, era um iminente perigo de gol. Mas foi o River quem deu a primeira emoção da fase final, quando Anderson Kamar marcou aos 5 minutos. O gol, que poderia iniciar uma reação tricolor, foi anulado, devido a posição de impedimento do atacante riverino. Poucos minutos depois, o Flamengo praticamente visava o passaporte para o tri. Aos 13 minutos ele recebeu em excelentes condições, invadiu a caminho do gol e chutou na saída de Robinho, assinalando 3 a 0. O Flamengo, com três gols de vantagem, estava próximo do título. E continuava perdendo gols. Augusto teve outra excelente oportunidade, mas chutou para fora. E Marcos Portugal também serviu ao atacante, que já estava pronto para marcar o 4° gol e a defesa do River mandou a córner. Final de jogo: Flamengo 3 a 0, Flamengo tricampeão da Copa Piauí, Flamengo na Copa do Brasil 2013. Um grande jogo, com recorde de público da competição. Ao final, o vice campeão recebeu o Troféu Hélio Lustosa, enquanto o campeão, o Troféu José Portela Nazar.  O cumprimento do técnico Oliveira Canindé com o ala esquerda Samuel: abraço de campeões (Foto: Severino Filho - Buim) FICHA TÉCNICA RIVER 0x3 FLAMENGO (V Copa Piauí - Fase Final - 2° jogo); Data: 04/10/2012 (quinta-feira à noite); Local: Estádio Lindolfo Monteiro (em Teresina); Arbitragem: Antônio Dib Moraes de Sousa, auxiliado por Edmilson Timóteo da Silva e José Valmir dos Santos Xavier. Renda: R$ 23.150,00 com 2.079 pagantes (737 não pagantes). Público total: 2.809 torcedores. Gols: Jefferson Maranhense (pênalti) 7 e Jefferson Maranhense (pênalti) 16 do 1° tempo; Augusto 13 do 2°. Expulsão: Renan, aos 32 do 1°, por prática de jogo brusco (segundo amarelo). River - Robinho; Leandro (Péricles), Renan e Jó; Tote (Critiano de Jesus), Binha, Tela (Crislan), Mimi e Jardel; Anderson Kamar e Maranhão. Técnico: Joaquim de Oliveira Lemos Júnior (Aníbal Lemos). Flamengo - Robson; Jorginho (Marcos Vinícius), Laércio, Wildinho e Samuel; Célio, Augusto, Bruno Potiguar e Flavinho; Carlinhos (Marcos Portugal) e Jefferson Maranhense (Darlan). Técnico: Oliveira dos Santos Lopes (Oliveira Canindé). FONTE:SITEDOBUIM.BLOGSPOT,COM

1 de out de 2012

COPA PIAUI 2012:RIVER A UM PASSO DO TITULO E DA COPA DO BRASIL

e Kamar, River vence a primeira da final Desde os primeiros minutos que Anderson Kamar rondava a área do goleiro Robson. Aqui, o goleiro levou a melhor. Confirmando todas as expectativas, Flamengo e River iniciaram a decisão da V Copa Piauí num grande jogo disputado na tarde-noite deste domingo (30), no Estádio Municipal Lindolfo Monteiro, em Teresina, com o River aproveitando para largar na frente e ampliar sua vantagem na decisão. Numa jornada inspirada do atacante Anderson Kamar, o Galo venceu por 3 a 2 e agora pode até perder por diferença de 1 gol, quinta-feira, que ficará com o título. Antes da bola rolar, Wildinho recebe o troféu de campeão do 1° turno da viúva de Luiz Alberto da Rocha (Pelé). O jogo foi, de certa forma, equilibrado. O Flamengo começou muito bem na partida, mas os contra-ataques do time tricolor pareciam anunciar que algo de bom estava por vir. E veio depois de várias oportunidades criadas para os dois lados. Decorriam 33 minutos quando Maranão entrou pela direita da grande área e chutou duas vezes para, na segunda, encontrar Kamar livre, quase debaixo do gol, para abrir a contagem. Mozart entrega o troféu que homenageia seu pai - Mozart Bastos - ao capitão Jó, do River, campeão do 2° turno. Poucos minutos depois foi a vez de Jardel cruzar da esquerda. O mesmo Anderson Kamar, com grande oportunismo, escorou o cruzamento com um chute certeiro, no ângulo superior direito do goleiro Robson. Festa da torcida tricolor. Com 2 a 0, o time riverino vai colocando a mão na taça e na vaga da Copa do Brasil. Mimi recebe a marcação do rubro-negro Teté. Rier e Flamengo fizeram um grande clássico neste domingo. Antes que o árbitro Antônio Santos desse ponto final ao primeiro tempo, Kamar voltaria a marcar, novamente livre, mas desta vez o árbitro assinalou impedimento do atacante tricolor. E o primeiro tempo terminaria mesmo com a vantagem de dois gols para o time tricolor. Na segunda etapa, o Flamengo começou pressionando, melhor mesmo, mas com cerca de 15 minutos, o River equilibrou as ações. Sem marcação, Anderson Kamar manda para as redes a bola cruzada por Maranhão. É o primeiro gol tricolor no LM. Aos 25 minutos, porém, Maranhão foi ao ataque e fez novo levantamento de bola para o goleador Anderson Kamar usar a cabeça e assinalar o terceiro gol. Um minuto depois, chute cruzado de Carlinhos no ataque do Flaemngo, o goleiro Robinho defende parcialmente e Jefferson completa para as redes de Robinho, reduzindo a diferença. Anderson Kamar comemora mais um. Este, porém, foi anulado pela arbitragem. O goleador estava em posição ilegal. O Flamengo ganhou asas e Samuel levantou a bola, Samuel levantou a bola e Robinho pegou,, mas soltou a bola e Flavinho se aproveitou para marcar o segundo gol, aos 29 minutos. O Flamengo continua em cima e Robinho faz uma grande defesa, evitando o gol do empate, aos 32 minutos. Após o clássico, outro troféu para o River: 25 Anos do Jornal Diário do Povo, entregue a Jó pelo repórter Renato Bezerra. FICHA TÉCNICA FLAMENGO 2x3 RIVER (V Copa Piauí - Final - 1º jogo); Data: 30-09-2012 (domingo); Local: Estádio Municipal Lindolfo Monteiro (Teresina); Arbitragem: Antônio Santos Nunes, auxiliado por Francisco Nurisman Machado Gaspar e José Nilton da Costa. Renda: R$ 17.725,00 com 1.589 pagantes (706 não pagantes). Público total: 2.295 torcedores. Gols: Anderson Kamar 33 e Anderson Kamar 35 do 1º tempo; Anderson Kamar 25, Jefferson Maranhense 26, Flavinho 29 do 2º. Cartões amarelos: Marcelão, Carlinhos (FLA), Leandro, Jó, Tela e Junior Tatu (RIV). Flamengo - Robson; Jorginho, Marcelão, Wildinho e Jefferson Maranhense; Célio, Bruno Potiguar (Marcos Portugal), Teté (Samuel) e Flavinho; Ítalo e Ranielson (Carlinhos). Técnico: Oliveira dos Santos Lopes (Oliveira Canindé). River - Robinho; Leandro (Nego Recife), Renan e Jó; Tote, Binha, Tela, Mimi e Jardel (Júnior Tatu); Anderson Kamar (Péricles) e Maranhão. Técnico: Joaquim de Oliveira Lemos Júnior (Aníbal Lemos). FONTE:SITEDOBUIM.BLOGSPOT.COM

PREVISÃO DO TEMPO NAS PRINCIPAIS CIDADES DO PIAUÍ

Globo e Band