Procure no Blog

18 de nov de 2011

FUTEBOL DO PIAUI 2011:AUGUSTO MELLO ESTÁ SÃO PAULO APERFEIÇOANDO A SUA CARREIRA DE TREINADOR DE FUTEBOL

Visando expandir melhores conhecimentos, o treinador do Flamengo, Augusto Melo está viajando para São Paulo onde vai participar do XVIII Curso Nacional Para Treinadores de Futebol, que começa na segunda-feira (21) e vai até sexta-feira (25) na capital paulista. O curso tem como foco principal , promover e disseminar conhecimentos aos participantes, através da exposição e relatos de experiências vividas por profissionais experientes do futebol brasileiro. A ida de Augusto foi uma iniciativa do presidente Jankel Costa que acha oportuno a presença de Melo no evento. Todas as despesas são pagas pela diretoria do clube.

Augusto Melo está feliz com a ideia de ir fazer o curso. Ele sabe da importância do enriquecimento para o seu curriculo como treinador e essa oportunidade, segundo ele, caiu como uma luva. Ele disse está apto para o curso. "Eu me preparei da melhor maneira possível. Logicamente estou num estado de euforia muito grande, de ansiedade, até porque há muito tempo que desejava fazer esse curso e vai ser muito bom para mim, estou muito satisfeito. Quero agradecer muito ao presidente Jankel Costa por essa oportunidade que ele está me dando, de a gente adquirir novos conhecimento e isso vai enriquecer muito a minha vida profissional. De lá espero trazer muitas experiências e muito proveito", disse.

A seguir trechos da entrevista que ele concedeu ao portal do Flamengo:

O que você espera desse curso?

De repetente essa experiência de ter a oportunidade de assistir aulas desses grandes mestres que ministrarão o curso. Ter conhecimento técnico e científico, melhores conhecimentos e controlo emocional.

Sobre controle emocional, como você administra?

Esse é o grande problema do treinador. Confesso que quando estou trabalhando numa equipe profissional o meu emocional é mais equilibrando se comparando ao amador. No Sub-18 do Flamengo, por exemplo, em algumas oportunidades eu me excedi. Porque você trabalhando com jovens se envolve muito. E acredito sim que tenho bom comportamento emocional quando estou trabalhando.

Este é o primeiro curso que você faz?

Sim. Porém, sempre procurei ter uma postura diante de um profissional. Logicamente que a base como treinador de futebol adquirir através de minha experiência como jogador de futebol.

Você se espelha em algum treinador?

Eu sempre gostei do comportamento do Gringo (Antonio de Lima, ex-técnico de futebol e atualmente dono de uma escolinha de futebol em Teresina), tanto quanto jogador como treinador no futebol do Piauí. Eu tinha em Gringo como grande ídolo. Também posso citar os nomes de Mormaço (João Pereira da Silva, in memória), Murilo, Castilho e seu Bero. Em nível nacional, gosto muito da postura de Ney Franco (treinador das categorias de base da Seleção Brasileira), uma pessoa que tive a oportunidade de assistir uma palestra dele em Belo Horizonte. Outro também que gosto é do Caio Jr (técnico do Botafogo). São treinadores jovens como esses que a gente tira grandes proveitos. Isto sem falar nos treinadores sagrados do futebol brasileiro e mundial, como Muricy Ramalho (Santos), Vanderlei Luxemburgo (Flamengo) e Luiz Felipe Scolari, o Felipão (Palmeiras).

Você prefere trabalhar com atleta profissional ou amador?

A minha primeira experiência foi trabalhar com garotos. Tive algumas oportunidades no profissional e confesso que foram experiências positivas. Mas hoje prefiro trabalhar com a base.

FONTE:Francisco Pereira

Assessoria de imprensa do Flamengo

, 9433-5376, 9924-8003

Nenhum comentário:

PREVISÃO DO TEMPO NAS PRINCIPAIS CIDADES DO PIAUÍ

Globo e Band