Procure no Blog

27 de jun de 2011

FUTEBOL DO PIAUÍ 2011: CLUBES DA CAPITAL NÃO ENCONTRARAM O CAMINHO DA VITÓRIA NA TERCEIRA RODADA


Com um gol nos acréscimos, quando todos já esperavam que o jogo terminasse empatado por 1 a 1, o 4 de Julho conseguiu derrotar o River neste domingo (26), no Estádio Ytacoatiara, em Piripiri, quebrando a invencibilidade do time tricolor no segundo turno e a do técnico Polozzi, que nunca havia perdido jogo de Campeonato Piauiense como treinador do Galo. A vitória de 2 a 1 beneficiou o Comercial, que agora lidera a competição, e deu ao 4 de Julho, ao final da rodada, presença na zona de classificação.

A exemplo de outros confrontos entre tricolor e colorados, o jogo no gramado do Ytacoatiara também foi bastante equilibrado, mas o 4 de Julho, empurrado por sua torcida, aproveitou o primeiro tempo para colocar a vantagem de 1 a 0, com o atacante França assinalando aos 29 minutos. O placar de 1 a 0, estabelecido pelo grande ídolo colorado, parecia que iria ser definitivo.

Um jogo difícil para os dois times a ponto do placar de 1 a 0 perdurar até os 44 minutos da fase final, quando Anderson Kamar conseguiu marcar para o, até então, lider do segundo turno. Todos que estavam presentes, certamente, davam como certo a igualdade entre os dois times pelo placar de 1 a 1. Mas o experiente Pretinho, principal artilheiro da equipe de Piripiri na competição, ainda encontrou tempo, nos acréscimos, para fazer 2 a 1 e garantir três pontos para o Gavião, decretando a quebra da invencibilidade do River no segundo turno e a do técnico Polozzi, à frente do River, que completaria 21 jogos sem derrota como treinador tricolor em campeonatos piauienses. Hoje, na Arena Colorada, o dia e a noite estava mesmo para Gavião.

FICHA TÉCNICA

4 DE JULHO 2x1 RIVER (Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais – 2° Turno – Fase Classificatória – 4ª rodada); Data: 26/06/2011 (domingo); Local: Estádio Ytacoatiara (em Piripiri); Arbitragem: Afonso Amorim de Sousa, auxiliado por João Thiago Carvalho Reis e Wanderson dos Santos Lima.

Gols: França 29 do 1° tempo; Anderson Kamar 44 e Pretinho 47 do 2°.

Cartões amarelos: Wilsinho, Paolo Rossi, Juninho (4J), Índio, Diego Xavier e Diego Torres (RIV).

4 de Julho – Robinho; Wilsinho, Paolo Rossi, Paulo Maranhão e Dacha; Binha. Juninho (Renan), Cleitinho e Lira (Pardal); Pretinho e França (Alex Paraíba). Técnico: Jorge Pinheiro.

River – Fábio; Ângelo, Indio, Carlinhos e Moises; Negretti (Joãozinho), Diego Xavier (Thiago Maia), Antonio Carlos e Diego Torres; Anderson Kamar e Ranielson (Neném). Técnico: José Fernando Polozzi.

TUBARÃO ENGOLE RAPOSA NO LM

A exemplo do Piauí no jogo preliminar, o Flamengo também deu vexame e foi goleada na partida de fundo da rodada dupla realizada neste domingo, no Estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina. A quarta derrota consecutiva no Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais só não deixa o time rubro-negro na zona de rebaixamento porque este ano ninguem cai para a Segundona. Mas a derrota de 5 a 1 para o Parnahyba abalou de vez os alicerces na Vila Olímpica.

O resultado do jogo não diz exatamente o que foi o decorrer do jogo. Afirmar que a vitória não foi merecida seria uma insanidade, mas o Flamengo não foi tão incompetente para merecer um placar tão contundente. Mas, de uma certa forma, pagou pelos erros nas conclusões quando teve a chance de ficar em condições de marcar. Ora os atacantes erravam, ora havia um Beto no meio do caminho.

Como no chute de Jarbas, que tinha endereço certo, e que Beto desviou numa defesa monumental, quando o placar ainda era de 1 a 0 para o time do litoral. Sem aproveitar mais uma ou duas chances, a alternativa foi ver o Parnahyba ir novamente ao ataque e concluir para o gol. Com acerto. A exemplo de Wanderley, aos 13 minutos, agora era a vez de Isac, aos 23, movimentar o placar do jogo - não o do estádio.

Na fase complementar, Augusto Melo fez o Flamengo voltar modificado, com três alterações. Elas surtiram efeito e o time melhorou, mas um gol aos 5 minutos, fruto de um pênalti, praticamente cimentou as possibilidades de uma reação. Wanderley fez 3 a 0. Mais tarde, através de Isac e Marcinho, o Parnahyba marcou mais duas vezes, enquanto Jonierick descontou para o Flamengo. Goleada de 5 a 1. Vitória merecida do Parnanyba, goleada injusta para o Flamengo.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 1x5 PARNAHYBA (Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais - 2° Turno - Fase Classificatória - 4ª rodada); Data: 26/06/2011 (domingo à noite); Local: Estádio Municipal Lindolfo Monteiro (em Teresina); Preliminar: Piauí 1x6 Comercial (Campeonato Piauiense); Arbitragem: Leonardo Marques Fortes, auxiliado por Rogério de Oliveira Braga e Inácio da Silva Sousa.

Gols: Wanderley 13 e Isac 23 do 1° tempo; Wanderley (pênalti) 5, Jonierick 17, Isac 28 e Marcinho 32 do 2°.

Flamengo - Carlos Henrique; Patrício (Da Roça), Marcelão, Laércio e Dênis; Wagner, Washyington (Jonierick), Maurício e Jarbas; Vaguinho e Marcelinho (Rafael). Técnico: Augusto de Moraes Melo.

Parnahyba - Beto; Jorginho, Marcos Gasolina (Gilmar Bahia), Pedro Roberto e Armeiro; Alessandro, Luciano (Pio), Idelvandro e Wanderley; Isac e Felipe (Da Silva). Técnico: João Batista dos Santos Filho.


COMERCIAL ATROPELA PIAUI ESPORTE CLUBE NO LINDOLFO MONTEIRO

Justificando porque é o campeão piauiense e bicampeão da Taça Estado do Piauí, o Comercial, mesmo desfalcado dos artilheiros Tiaguinho e Zé Rodrigues, não tomou conhecimento do novo time do Piauí e impôs-lhe a maior goleada da competição sem qualquer dificuldade. O placar de 6 a 1 poderia ter sido até mais amplo, não fossem inúmeros gols perdidos e outras tantas defesas do goleiro rubroanil.

Foi um massacre. Assim poderia ser resumido o confronto preliminar da tarde deste domingo, envolvendo as equipes do Comercial e do Piauí. O time de Campo Maior já repetia a goleada do primeiro turno em apenas 40 minutos, quando estabeleceu 4 a 0. Rafael Araújo abriu a contagem num chute forte e Toni tratou de estabelecer 2 a 0 quatro minutos depois. Em seguida, Evandro concluiu com um belo chute uma jogada iniciada por ele mesmo para marcar o terceiro gol. O quarto nasceu de um cruzamento de Fred que Popó, com a cabeça, tirou do alcance de Ezaul.

Na fase complementar, os comandados de Aníbal criaram muito mais oportunidades, mas aproveitaram apenas duas: com Fred e Popó. A propósito, logo após o Piauí ter uma penalidade máxima a seu favor que o volante Teté desperdiçou, chutando para fora. O lance deve ter acordado o campeão piauiense. Com 6 a 0, o time manteve um bom ritmo e poderia ter chegado a 10, sem dificuldade. Mas foi o Piauí quem marcou e reduziu a diferença, através de Ênio.

Como o River perdeu em Piripiri, o Comercial agora é o lider do segundo turno, com 9 pontos ganhos, 3 vitórias e um ótimo saldo de 7 gols. O Piauí, por sua vez, se distancia dos lideres, não apenas pela derrota, mas muito mais pela goleada, que lhe deixa com 4 pontos ganhos, 1 vitória e saldo negativo de 6 gols.

Não adianta o esforço do goleiro Ezaul. A bola chega às suas redes ante o testemunho do comercialino Barata e do rubroanil Anderson Alves (Foto gentilmente cedida por Israel Araújo, do Diário de Teresina).

FICHA TÉCNICA

PIAUI 1x6 COMERCIAL (Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais - 2° Turno - Fase Classificatória - 4ª rodada); Data: 26/06/2011 (domingo à tarde); Local: Estádio Lindolfo Monteiro (em Teresina - preliminar de Flamengo 1x5 Parnahyba); Arbitragem: Júlio Cesar Carvalho Reis, auxiliado por José Nilton da Costa e Thyago Costa Leitão.

Gols: Rafael Araújo 7, Toni 11, Evandro 25 e Popó (cabeça) 40 do 1° tempo; Fred 20, Popó 23 e Ênio 30 do 2°.

Obs.: Teté perdeu um pênalti, aos 18 do 2°, chutando para fora.

Cartões amarelos: Edson, Alan, Marcelo, Moisés, Teté (PIA), Barata e Rafael Araújo (COM).

Piauí - Ezaul; Edson, Marcelo, Moisés e Alan (Ênio); Teté, Anderson Alves, Murilo Rosa (Wanderson) e Victor Cearense; Jessé e Sertãozinho. Técnico: Marcão.

Comercial - Neto; Barata, Rafael Araújo, Júnior Soares (Bezerra) e Fred; Ivanzinho, Cleiton, Evandro (Marquinhos) e Fábio; Popó e Toni (Kel). Técnico: Joaquim de Oliveira Lemos Júnior (Aníbal Lemos).


FONTE:SEVERINO FILHO (BUIM)ACESSEPIAUI

Nenhum comentário:

PREVISÃO DO TEMPO NAS PRINCIPAIS CIDADES DO PIAUÍ

Globo e Band