Procure no Blog

29 de mai de 2011

FUTEBOL DO PIAUÍ 2011:COMERCIAL VAI A CAMPO VENCE POR W X O E CLUBES COMO RIVER,4 DE JULHO E PARNAHYBA ESTÃO EM SITUAÇÃO COMPLICADA

Empurrado pela vontade da torcida, dos jogadores e da comissão técnica, o time do Comercial foi a campo na tarde de hoje (29), no Estádio Deusdedit de Melo, em Campo Maior, e ganhou os pontos da equipe do River, que se ausentou mais uma vez por determinação do seu presidente Elizeu Aguiar. Com a vitória por WO, o campeão piauiense conquistou sua classificação para a decisão da Taça Estado do Piauí, ficando também a dois jogos de garantir a condição de representante do futebol piauiense na Série D do Campeonato Brasileiro.

O técnico Aníbal Lemos já havia confirmado ao Acessepiauí, na noite de ontem (28), que ninguém iria segurar os jogadores e a comissão técnica de sua responsabilidade de entrar em campo e defender as cores do Comercial. "Independente se estaremos ou não amanhã à frente do time, enquanto houver união entre no grupo nós vamos levar em consideração o desejo do torcedor, que é o que o Comercial tem de mais importante".

Com a vitória por WO, o Comercial agora vai decidir a Taça Estado do Piauí com o vencedor da outra semifinal. Como Parnahyba e 4 de Julho não devem ir ao Estádio Mão Santa, em Parnaíba, a Federação de Futebol do Piauí, em reunião de diretoria, deverá deliberar pela convocação dos dois clubes que estão colocados imediatamente após o 4° lugar. Neste caso, Barras e Picos devem ser beneficiados.

FICHA TÉCNICA

COMERCIAL X RIVER (Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais - 1° Turno - Taça Estado do Piauí - Fase Semifinal - 2° jogo); Data: 29/05/2011 (domingo à tarde); Local: Estádio Deusdedit de Melo (em Campo Maior); Arbitragem: Afonso Amorim de Sousa, auxiliado por Edmilson Timóteo da Silva e Wanderson dos Santos Lima.

Obs.: O jogo não foi realizado, em virtude do River não ter comparecido.

Comercial - Neto; Barata, Júnior Soares, Arnaldo e Tiaguinho; Ivanzinho, Fábio Ubajara, Evandro e Jards; Toni e Zé Rodrigues. Técnico: Joaquim de Oliveira Lemos Júnior (Aníbal Lemos).


PARNAHYBA DEIXA ESCAPAR CHANCE DE CLASSIFICAÇÃO DENTRO DE CASA POR NAÃO COMPAREÇER AO JOGO DIANTE DE SUA TORCIDA


Na outra semifinal do 1° turno, envolvendo Parnahyba x 4 de Julho, no Estádio Mão Santa, o Parnahyba andou muito próximo de ganhar os pontos do 4 de Julho, mas a tentativa de entrar em campo, tardia, não permitiu que o Tubarão chegasse ao Estádio Mão Santa dentro do tempo regulamentar esperado pelo árbitro Leonardo Marques Fortes, que agora vai registrar em seu relatório a ausência dos dois times.

A revolta das torcidas do Parnahyba é muito grande contra a atitude do presidente José Lima, que manteve o acordo firmado com os presidentes de River, Comercial e 4 de Julho. Todavia, quando a presença do Comercial no Estádio Deusdedit de Melo chegou até o conhecimento do supervisor Júlio Cesar, ele tentou reunir os jogadores, mas encontrou apenas sete atletas. Informado de que o time estava se preparando para o jogo, o árbitro Leonardo Marques ainda esperou mais 10 minutos, além dos 30 regulamentares. Mas não deu tempo do time azulino chegar e o árbitro voltou para os vestiários.

Amanhã (30) à tarde, Leonardo Marques vai entregar a súmula na Federação, com o relatório confirmando a ausência das duas equipes, já que o 4 de Julho sequer viajou para o litoral piauiense. No Estádio Mão Santa, vários torcedores do Parnahyba compareceram e manifestaram repúdio veemente ao presidente José Lima, haja visto que o Parnahyba, de melhor índice técnico, agora vive a iminência da eliminação do campeonato.

RIVER,4 DE JULHO E PARNAHYBA PODEM SER EXCLUIDOS DO CERTAME 2011

Com a reincidência de não ir a campo para mais um jogo do Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais, River, Parnahyba e 4 de Julho agora vivem a iminência de serem excluídos da competição, além das penas de multa que o CBJD prevê desde a primeira infração. A propósito, o Acessepiauí até cometeu um equívoco quando publicou o texto do artigo 203 sem a nova redação aprovada pela Resolução do CNE n° 29, de 2009. O que faz-se agora, para melhor entendimento do que prevê a legislação em vigor.

“Art. 203 - Deixar de disputar, sem justa causa, partida, prova ou o equivalente na respectiva modalidade, ou dar causa à sua não realização ou à sua suspensão. PENA: multa, de R$ 100,00 (cem reais) a R$ 100.000,00 (cem mil reais), e perda dos pontos em disputa a favor do adversário, na forma do regulamento.”

A reincidência, por sua vez, está prevista no parágrafo terceiro do mesmo artigo, de teor seguinte: “§ 3º - Em caso de reincidência específica, a entidade de prática desportiva será excluída do campeonato, torneio ou equivalente em disputa”. As súmulas dos dois primeiros jogos já foram entregues pelos árbitros Antônio Santos e Antônio Dib. Nesta segunda-feira será a vez de Leonardo Marques e Afonso Amorim entregarem as súmulas dos jogos de Parnaíba e Campo Maior, respectivamente.

FONTE:SEVERINO FILHO(BUIM)ACESSEPIAUI

Um comentário:

Anônimo disse...

PARABÉNS TRAIRAS, SÓ ASSIM VOCÊS GANHARIAM O CAMPEONATO. SE EU FOSSE A FFP DARIA LOGO O TÍTULO PARA O VENAL TÉCNICO DO COMERCIAL, QUE NÃO HONRA AS CALÇAS QUE VESTE. QUE VERGONHA...

PREVISÃO DO TEMPO NAS PRINCIPAIS CIDADES DO PIAUÍ

Globo e Band