Procure no Blog

16 de mai de 2010

FUTEBOL DO PIAUÍ 2010: BARRAS, CORISABBÁ E PICOS VENCEM NA ABERTURA DA SÉTIMA RODADA

Depois de manter o jogo bastante equilibrado e abrir a contagem a 15 minutos do final da partida, o River permitiu a virada do Barras e perdeu sua quarta partida consecutiva, hoje (15) à noite, no Estádio Juca Fortes, na cidade de Barras. A derrota deixa o time tricolor numa situação extremamente delicada e só mesmo com uma boa dose de sorte o time conseguirá uma vaga nas semifinais do 2° turno.

Depois de três jogos onde fez exibições muito ruins, o River até que surpreendeu o quadro local ao mostrar boa disposição e equilibrar as ações desde o início da partida. Não foi um time brilhante, mas diante do que mostrou contra 4 de Julho, Flamengo e Picos, era, indiscutivelmente, um River melhor, convicto de que a vitória era o único resultado que poderia melhorar a situação no poleiro do Galo.

E foi essa nova postura que obrigou o time do Barras a se desdobrar para evitar surpresa desagradável. O goleiro Fábio, bem exigido, fez defesas sensacionais. Em duas cobranças de falta, através de Thássio e Batata, o River só não marcou devido a boa fase do goleiro do Barras. Mas foi em outro lance de bola parada que o Tricolor abriu a contagem, dando a impressão de que quebraria a série de derrotas consecutivas.

O cronômetro assinalava 30 mnutos da fase complementar quando Thássiio cobrou a falta com chute violento. O goleiro Fábio defendeu parcialmente e Marcelinho aproveitou a sequência do lance para abrir a contagem: River 1 a 0. Não deu tempo para se impor. Quatro minutos mais tarde, bola na área riverina e o artilheiro Rigoberto, com a cabeça, decretou o empate barrense.

O empate caiu como uma ducha de água fria sobre o time tricolor. O reflexo fo imediato. Mais quatro minutos e Danilo aproveitou a bola que não foi interceptada pela zaga, olhou a posição do goleiro Carlos Henrique e fez Barras 2 a 1. O que parecia um sonho, virou pesadelo para o River. O time sentiu o impacto dos dois gols e não teve forças para reagir e buscar, pelo menos, o empate. Quando tentou, o goleiro Fábio mostrou segurança. Ao final, nova derrota e a eliminação por um fio.

A quarta derrota consecutiva mantém o River com 9 pontos ganhos, agora em 4° lugar, mas ainda na zona de classificação. Todavia, com a obrigação de vencer o Comercial na próxima quarta-feira, dentro de Campo Maior. E ainda torcer por uma combinação de resultados nas duas últimas rodadas. Tal qual como no 1° turno, quando perdeu a quarta vaga no saldo de gols. Barras, por sua vez, assume a vice-liderança, com igual número de potos e vitórias que o Comercial, mas saldo de gols inferior.

FICHA TÉCNICA

BARRAS 2x1 RIVER (Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais - 2° turno - Fase Classificatória - 7ª rodada); Data: 15/05/2010 (sábado à noite); Local: Estádio Juca Fortes (em Barras); Arbitragem: Leonrdo Marques Fortes, auxiliado por Francisco Pereira de Lima Júnior e Izaura de Sousa e Silva.

Gols: Marcelinho 30, Rigoberto (cabeça) 34 e Danilo 38 do 2° tempo.

Barras - Fábio; Toni, Alex Costa, Netinho e Fred; Flavinho, Danilo, GIldázio (Cipó) e Naná; Marquinhos (Rigoberto) e Isael. Técnico: José Danilo de Oliveira Queiróz.

River - Carlos Henrique; Walyson, Wellington Alexandre, Breno e Batata; Daniel da Roça (Neto), Cláudio (Marcelinho), Thássio e Maurício Pantera; Ranielson e Jarbas. Técnico: Argeu dos Santos.


COMERCIAL JOGA MAL E PERDE PARA O CORISABBÁ


Jogando um futebol irreconhecível na tarde deste sábado (15), no Estádio Tibério Nunes, em Floriano, o Comercial foi derrotado pelo lanterna e já eliminado Cori-Sabbá, resultado que surpreendeu a todos, já que a equipe de Floriano ainda não tinha vencido nenhum jogo e foi conseguir a sua primeira vitória logo sobre o campeão do 1º turno e líder do 2º. Um jogo que quebrou a invencibilidade de 10 jogos do Comercial e também foi a primeira partida em que o azulino de Campo Maior não conseguiu balançar a rede.

O jogo começou com o time da casa pressionando e conseguindo abrir o placar logo aos 22 minutos, com o jogador Haddo. O Comercial foi em busca do empate, só que de maneira desordenada, e mostrando um futebol muito ruim, diferente do time que todos estãoi acostumados a ver neste campeonato. As duas equipes foram para o intervalo com o placar apontando 1x0 para o time da casa.

No segundo tempo o Comercial mostrou uma ligeira melhora, mas continuava desorganizado. Foi pra cima com tudo e acabou cedendo espaço para os contra-ataques adversários. O Cori-Sabbá, que estava jogando só para cumprir tabela, sem nada a perder, tinha a chance de vencer seu primeiro jogo no campeonato e logo em cima do líder. Aproveitando mais uma oportunidade, antes dos 25 minutos, conseguiu marcar o seu segundo gol com o jogador Ratinho, depois de um contra-ataque. Quem esteve no Tiberão garante que o Comercial teve sorte de não ter tomado uma goleada já que o time da casa ainda perdeu várias oportunidades.


PICOS VENCE E CONTINUA NO PARÉO PARA AS SEMI-FINAIS


Com um golaço do meia Vinícius, ainda no 1° tempo, a Sociedade Esportiva de Picos derrotou o 4 de Julho na noite de hoje (15), em Picos, e deu um importante passo em busca de sua classificação para as semifinais do returno. A SEP agora soma 8 pontos ganhos e uma vitória na quarta-feira pode lhe deixar bem próxima da vaga. O 4 de Julho mantém chances matemáticas.

Diante de sua torcida, a Sociedade Esportiva de Picos fez uma boa exibição, repetindo o mesmo futebol do jogo anterior, quando derrotou o River no Albertão. A diferença é que o 4 de Julho foi melhor que o River e o jogo em Picos foi bem equilibrado, com ligeira superioridade do quadro picoense, que virou o 1° tempo com uma vitória parcial pela contagem mínima. Um golaço de Vinícius, que acertou um chute espetacular no ângulo superior direito do goleiro Renato.

Na fase complementar, o jogo continuou bem disputado, de igual para igual, com alternativas de gol para os dois lados. O placar, porém, não foi alterado. E a SEP venceu, passando a somar 8 pontos e mantendo suas possibilidades de classificação para as semifinais. Ao 4 de Julho, resta uma combinação matemática para tentar passar adiante. O Colorado precisará vencer Barras, atingindo, assim 10 pontos e 3 vitórias. E torcer para que Comercial, Flamengo e Barras sejam vitoriosos nas outras partidas. Por fim, que Piauí e Picos empatem na última rodada. O 4 de Julho entraria como quarto colocado, com 10 pontos ganhos e 3 vitórias, enquanto o Piauí ficaria com 10 pontos e 2 vitórias.

FICHA TÉCNICA

PICOS 1x0 4 DE JULHO (Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais - 2° Turno - Fase Classificatória - 7ª rodada); Data: 15/05/2010 (sábado à noite); Local: Estádio Helvídio Nunes (em Picos); Arbitragem: Afonso Amorim de Sousa, auxiliado por Hélio Soares Freire e Antônio Sérgio de Sousa Araújo.

Gol: Vinícius 34 do 1° tempo.

Picos - Davi; Breno, Ivson (Fábio), Régis e Renê; Roni, Túlio, Vinícius e Alcimar; Rafael Freitas e Buiú (Cristiano Jesus). Técnico: Isaílton Ferreira da Silva (Mirandinha).

4 de Julho - Renato; Wilsinho, Agnaldo, Paolo Rossi (Pedra Preta) e Mayrton (Alex Paraíba); Dacha, Wermesson (Anderson), Keiton e Lira; França e Pretinho. Técnico: Alencar Júnior.


FONTE:SEVERINO FILHO(BUIM)ACESSEPIAUÍ

Nenhum comentário:

PREVISÃO DO TEMPO NAS PRINCIPAIS CIDADES DO PIAUÍ

Globo e Band