Procure no Blog

24 de abr de 2010

FUTEBOL DO PIAUÍ 2010: OPINIÕES DOS LEITORES DO BLOG QUE FORAM DESTAQUES NA SEMANA


Minha opinião e ideia sobre campeonato.. É interessante observamos o quanto o futebol movimenta as grandes e pequenas cidades do nosso Brasil. há observamos São Paulo, Rio de Janeiro, e não é preciso ir longe para se ver um bom público nos estádios é só olhar nossos vizinhos Ceará, Maranhão, Pernambuco, Paraíba.. e quando se fala do Piauí o público é "zero" porque se formos ver ao pé da letra só participam aqueles mais antigos torcedores que acreditavam no bom e velho futebol das décadas passados.

Mais porque isso acontece? é simples falta de incentivo por parte dos próprios piauienses que dão valor ao que é de fora. Sendo, ainda, que existe um grande monopolio, na verdade uma ditadura onde so poucos querem mandar. olhemos para o Campeonato Piauiense de Futebol só tem mais ou menos uns 8 clubes que fazem dois turnos e duas divisões.

Ai olhemos o Campeonato Piauiense de Futebol Amador onde existem mais de 100 clubes, se observarmos é dado mais ênfase a esse campeonato que o próprio campeonato profissional.

E porque nao unir os mesmo? tornar os clubes amadores em profissionais? claro que não se não outros entrariam para mandar e é o que esse atuais não querem. Mais teriamos com certeza um campeonato mais disputado e com a participão de todo o Estado, mais falo, todo Estado mesmo.

Ai poderia se fazer uma 1° e 2ª divisão onde se daria muito mais alegria, onde se veria muita disputa por ser mais dificil o acesso a 1°. Mais isso depende de mim? de você? não! depende desses ditadores que querem e acham que o futebol piauiense é deles e o que vale é o que eles mandam.

Minha ideia seria essa tornar um campeonato mais competitivo e rendável tanto visivel como financeiramente no nosso Piaui com a participação de todos os municipios sem excessão para que pudessemos fazer um grande espetáculo e quem saber viver momentos de alegria impar. Weslley Demes


Excluir
Anônimo COMENTÁRIOS E OPINIÕES DO 2° INTERNAUTA

Não é só aqui não. O Maranhão sofre com essa falta de público. Tanto é que a final do primeiro turno da Copa União foi jogada numa segunda-feira, para não concorrer com a "simples" semifinal entre Vasco X Flamengo.
Creio que no Ceará também; o público do interior é um fiasco, que só se salva quando os grandes jogam lá. Tudo se resolveria com a participação dos clubes piauienses (ou melhor, dos times da capital) na Copa Nordeste.

Por exemplo, abriu-se uma vaga no Nordestão com a desistência do Sport Recife; onde estão os nossos dirigentes e a Federação para pleitear ao menos uma seletiva para podermos participar? Tais cartolas andam tanto com a síndrome do complexo de inferioridade, que até mudando a conformação regional do Brasil e fazendo parte da Liga do Norte, eles aceitam. A verdade é uma só: eu quero o Flamengo-PI no Nordestão, mesmo que não valha uma vaga na Sulamericana, porque nós somos do Nordeste. Será que é preciso lembrar isso?


Outro fato: aprovou-se no Conselho Arbitral do ano passado que, se fosse criada a Série Vitamina-D, o Piauí não participava. Chegou o segundo semestre e o Flamengo participa, custeando por si mesmo. Será que sempre vamos baixar a cabeça, faltando se benzer diante a CBF? Até quando?


Quanto às dispensas do Flamengo, só eu que estranhei que a maioria dos dispensados foi quem teoricamente chegaria para reforçar o time nesse segundo turno? Por que o Flamengo não contrata só jogador conhecido em nossos campos para evitar fazer apostas de risco quando a Série D, como diz o Fernando Vanucci, é logo ali?
Evandro Paiva


COMENTÁRIOS E OPINIÃO DO 3° INTERNAUTA

assispiaracuruca disse...

É isto ai, futebol do Piuai não é nada facil devido algumas falhas que existe, por exemplo: fator arbitragens falta capacitação por isso erram demais, esquema de jogo fraquissimo, organzação quase zero pra ser um pouco humilde, valores estipulado dos ingressos ainda fora dos padrão por causa das contratações de atletas e quando acontece em algum time é de trazer velhos jogadores que nem nome não tem mais, e agora vou falar dos governos que pouco fazem aos nossos estadios que por sinal muito precario, finalizo dizendo nosso futebol é uma lastima.


2 comentários:

assispiaracuruca disse...

É isto ai, futebol do Piuai não é nada facil devido algumas falhas que existe, por exemplo: fator arbitragens falta capacitação por isso erram demais, esquema de jogo fraquissimo, organzação quase zero pra ser um pouco humilde, valores estipulado dos ingressos ainda fora dos padrão por causa das contratações de atletas e quando acontece em algum time é de trazer velhos jogadores que nem nome não tem mais, e agora vou falar dos governos que pouco fazem aos nossos estadios que por sinal muito precario, finalizo dizendo nosso futebol é uma lastima.

Anônimo disse...

No tocante à profissionalização do futebol amador, o retrato estamos vendo: quando tais seleções fazem amistosos com as equipes profissionais a diferença técnica é grande. O jogo contra Demerval Lobão nunca poderia servir de parâmetro para a equipe riverina. Se eu fosse dirigente o que faria? Flamengo também estava procurando time para jogar amistoso. Por que não Rivengo (profissional, em todos os sentidos, mas pode servir também para os times de base) em Demerval Lobão? Um jogo de exibição despertaria uma paixão pelos nossos times sem tamanho. Pegando um exemplo nacional, os times mineiros perderam Juiz de Fora para os times cariocas, porque o clássico mineiro nunca sai de BH. Ao contrário do que ocorre em São Paulo, realizam os clássicos em Presidente Prudente, Ribeirão Preto, etc.

Quanto à majoração do preço de ingresso, é válida. Não podemos viver de futebol a 1 real. O que está errado? Falta programa de sócio-torcedor efetivo. Vou dar um exemplo de como isso poderia dar certo: se o regulamento previsse que aos 4 primeiros colocados do primeiro turno seria disponibilizado a venda de carnês, o ingresso não sairia tão caro, nem os estádios ficariam vazios com uma eventual desclassificação do time.

Percebo também que o Albertão não faz parte da vida do desportista teresinense. Passou duas semanas morrendo por aparelhos, sem nenhum jogo, nem jogo amador. Por que a iniciativa privada não compra pontos comerciais no estádio? Será que é por que o governo não deixa? O governo do estádio possui um instrumento poderosíssimo de publicação de seus atos: o Diário Oficial. E põe à venda esses espaços.

Quanto ao LM, é bem o terceiro secretário da SEMEL e não se resolve o problema de drenagem. Falta vontade política? Eu quero ouvir da boca do SR. Humberto Mariano quais as ações urgentes para o estádio. Por que não tira aquele alambrado bizarro e não viaje até Santos e traga o tipo de alambrado que eles utilizam. Onde todo mundo vê, como se tivessem na beira do gramado? E o placar pra lá de imoral (vale também para o Albertão) e que muitas vezes não funciona, ou abrevia até demais só com as iniciais do time?

Os jogos não deixam a desejar dos jogos nacionais de jeito maneira. Falta mída. Uma notinha de rodapé na mídia nacional. Aqui deve entrar o papel da APCDEPI de cobrar. Será que é alguma retaliação de que não sabemos?

E o sub-18 que não sai? Se fosse na Europa, os clubes (lá são forte, têm mais força que a Federação, o que deveria ser também aqui) fariam greve na rodada até que fosse definido o preto no branco. Mas qual dirigente está interessado em parar o campeonato?

Evandro Paiva

PREVISÃO DO TEMPO NAS PRINCIPAIS CIDADES DO PIAUÍ

Globo e Band