Procure no Blog

8 de jul de 2009

CAMPEONATO BRASILEIRO DA SÉRIE D: ESTÁDIO MACHADÃO RECERÁ SOBREVIDA EM SUA ESTRUTURA

Ainda que a Fifa tenha determinado, durante evento mês passado, no Rio de Janeiro, que as cidades-sede ponham em prática os recursos disponíveis para a construção das arenas até 21 de fevereiro do próximo ano, o estádio Arena das Dunas, em Natal, somente terá o pontapé inicial no final do próximo ano, conforme adiantou o secretário-chefe do Gabinete Civil, Vágner Araújo. Ele disse também que o Governo do Estado está contratando nos próximos dias a Fundação Getúlio Vargas, a mesma que fez um trabalho durante os Jogos Panamericanos no Brasil, para fazer um trabalho nas áreas de Saúde e Segurança.

Em entrevista ao jornal Bom Dia RN, da Intertv Cabugi, o auxiliar do Governo do Estado informou ainda já existir um plano de transição para que os prédios onde será construído o novo Centro Administrativo sejam substituídos por outros a serem viabilizados pelo Executivo Estadual. Somente após a estrutura será demolida. “Isso será feito parceladamente”, afirmou.

Vágner reconheceu que os prazos colocados pela Fifa são limitadores, mas ressaltou que o Governo, em conjunto com a Prefeitura e com todas as instituições parceiras, está fazendo todo o esforço possível para cumprir o cronograma. “Nós entendemos que a Copa do Mundo em Natal é a grande oportunidade que o Estado tem para dar um salto de desenvolvimento e mostrar a capacidade que o Nordeste dispõe”, enfatizou.

No final de agosto, as licenças ambientais, principal entrave até agora colocado por autoridades da área no Rio Grande do Norte, deverão ser apresentadas ao Comitê Geral da Fifa. Sobre isso, o chefe do Gabinete Civil explicou à TN que secretário Municipal de Meio Ambiente, Kalazans Bezerra, já disse estar montando uma comissão especial para dedicar-se integralmente à análise e licenciamento dos projetos. “Isto resultará no encurtamento dos prazos. Esperamos que o Ministério Público, enquanto instituição que fiscaliza a lei, portanto, fiscaliza os fiscais... verifica se as normas legais estão sendo obedecidas, possa - também - colaborar para que eventuais análises que tenham que fazer para quaisquer manifestação, possa ocorrer com máxima agilidade possível”, enfatizou.

Vágner ressaltou também que a governadora Wilma de Faria e a prefeita Micarla de Sousa firmaram um entendimento para que fosse construído um comitê executivo paritário, formado entre Estado e Município, no intuito de dividir de forma igualitária as atribuições de cada ente com vistas a Copa do Mundo de 2014. “Esse comitê é o responsável por toda a condução do processo tanto no complexo esportivo como na preparação da cidade de uma forma geral”, explicou.

Matéria de domingo do jornal Folha de São Paulo mostrou que as cidades da Copa pedem R$ 20 bilhões para a União, tendo detalhado os pleitos de sedes como Fortaleza, São Paulo e Manaus. O Rio Grande do Norte sequer foi citado, ao contrário de outros Estados que já teriam solicitado os recursos para as obras. O auxiliar de Wilma de Faria observou que as prioridades do RN são bem conhecidas e já estão sendo discutidas com o Governo Federal para inclusão no chamado PAC da Copa (ou PAC da Mobilidade Urbana). “O VLT (metrô de superfície) é uma delas. A construção de uma nova via expressa ligando as regiões oeste (a partir da ponte de Igapó) à leste/norte da cidade (início da rota do sol) é outra. Temos projetos para as áreas de segurança e saúde, também”, assinalou.

Vereadores voltam as discussões

Uma audiência pública para discutir a Copa do Mundo será realizada amanhã, na Câmara de Vereadores. Hoje, a governadora Wilma de Faria apresentará a Ministra-chefe do Gabinete Civil, Dilma Roussef, as prioridades do RN para 2014.

O secretário Vágner Araújo, que também está em Brasília, observou ainda ser esta uma chance histórica que não deverá ser desprezada. “Nós temos a oportunidade de obtermos investimentos e melhorias para a cidade que resultarão em um verdadeiro salto de desenvolvimento, melhoria da nossa infra-estrutura social, geração de emprego, mais saneamento, melhor segurança, melhorias no atendimento da saúde e inclusão social, justamente questões enfrentadas por instituições como o Ministério Público”, enfatizou.

Segundo ele, somente na área de saneamento, há a expectativa de inclusão de novos projetos, para além dos que já estão sendo executados na região da Grande Natal e que resultarão na elevação da cobertura da rede de esgotos para 60% da área urbana.

FONTE:TRIBUNA DO NORTECHADÃO RECEBERÁ SOBRE VIDA

Nenhum comentário:

PREVISÃO DO TEMPO NAS PRINCIPAIS CIDADES DO PIAUÍ

Globo e Band