Procure no Blog

27 de jun de 2009

CAMPEONATO BRASILEIRO DA SÉRIE D: AMISTOSO ENTRE TREZE E SANTA CRUZ PODE TERMINAR NOS TRIBUNAIS




O Santa Cruz vai recorrer junto à Confederação Brasileira de Futebol ( CBF) para punir o Treze/PB pelo abandono de campo no amistoso desse sábado, no Arruda. Segundo o advogado tricolor, Miguel Moura, a equipe paraibana infringiu o artigo 205 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (Dar causa à não realização ou impedir o prosseguimento de partida por insuficiência numérica intencional de seus atletas ou por qualquer outra forma).

O advogado aguarda apenas o envio da súmula.

De acordo o CBJD, a pena para esse tipo de infração varia entre multa de R$ 50 mil a R$ 500 mil, perda de pontos em disputa a favor do adversário e proibição de participar do campeonato, torneio ou equivalente, subseqüente, da mesma modalidade.

Além disso, alguns torcedores estão se mobilizando para acionar o Juizado do Torcedor, por danos morais e materiais.

Um amistoso exótico. Assim pode ser classificado o encontro entre Santa Cruz e Treze/PB, nesse sábado, no Arruda. Não bastasse o abandono de campo da equipe adversária e os sete gols em 70 minutos de jogo, a partida vai ficar marcada também pelo apito misterioso que atrapalhou a defesa coral.

Eram decorridos 30 minutos do primeiro tempo, quando se ouviu nitidamente o som de um apito num lance de ataque do Treze. Os zagueiros e o goleiro Gustavo pararam, o atacante Gauchinho chutou despretensiosamente, a bola entrou e o árbitro Gilberto Freire apontou para o centro do campo. O gesto, inclusive, surpreendeu o jogador adversário, pois ele inicialmente não comemorou o gol que estabelecia o empate por 1x1.

Os tricolores correram até o juiz, que afirmou não ter paralisado o lance em nenhum momento. Ao que tudo indica, o apito foi soado da arquibancada do Arruda, uma vez que, logo após o gol, iniciou-se uma confusão na região frontal do setor e o apito não foi mais ouvido.

O lateral esquerdo Marquinhos admite que o tal apito atrapalhou Santa. “A gente começou bem. Tomamos o primeiro gol num lance em que nosso time parou por causa do apito que veio da arquibancada. Não poderíamos ter parado, mas aconteceu. Tivemos mais atitude no jogo, mas em jogadas isoladas eles conseguiram fazer os gols.”

Outro lance curioso da partida envolveu o próprio Marquinhos, que fez o terceiro gol coral na partida, de falta, e, em seguida, foi substituído por Neto Maranhão. O lateral, no entanto, diz que não ficou chateado. “É o treinador que manda, ele sabe o que é melhor pro nosso grupo. Se eu for substituído de novo, não vai ter problema.”

Mesmo que permanecesse em campo, o jogador iria atuar apenas mais 10 minutos, pois, aos 24, o Treze abandonou o gramado quando vencia por 4x3.

FONTE: Agência CoralNET de Notícias

Nenhum comentário:

PREVISÃO DO TEMPO NAS PRINCIPAIS CIDADES DO PIAUÍ

Globo e Band