Procure no Blog

5 de jun de 2008

CAMPEONATO PIAUIENSE 2008: DIFICIL DEFENIR O CRAQUE DO CERTAME





A apenas quatro jogos de conhecermos o campeão do Campeonato Piauiense da 1ª Divisão de Profissionais 2008, é possível listar, em muita dificuldade, vários atletas que se destacaram e que foram valorizados no mercado da bola do futebol do Piauí neste primeiro semestre.


Ouvindo vários torcedores, técnicos, dirigentes e analisando as matérias publicadas ao longo da temporada, a reportagem do Acessepiauí elaborou um retrato dos atletas mais valorizados durante o campeonato piauiense, independente do resultado que a comepetição apresentar ao final dos dois jogos decisivos do título.


Para elaborar a relação abaixo, colocamos três atletas em cada posição, inclusive seis meias e seis volantes, caso você queira optar por um esquema 3-5-2 ou 4-4-2. Enfim, a sugestão de nomes está ao seu dispor, mas é você quem vai escalar sua seleção dos melhores. Com direito a um luxuoso banco de reservas.


FÁBIO, goleiro do River, fez um grande campeonato, chegando a ficar 602 minutos sem sofrer gols. Na decisão da Taça Estado do Piauí, garantiu o zero defendendo um pênalti chutado por Maradona. Uma pena que tenha se contundido e ficado fora dos últimos jogos de sua equipe. Fazendo grande falta, ressalte-se.


SÍLVIO, goleiro de Picos, garantiu a posição de titular com grandes defesas e passou a ser um dos maiores responsáveis pela performance da sua equipe após a chegada do técnico Pedro Manta.


MARCELO SILVA, goleiro do Barras, chegou e se firmou como titular de sua equipe. Tranqüilo e frio, é ponto de desequilíbrio a favor do vice-campeão piauiense.


ADRIANO, ala direita de Picos, sabe apoiar e também é eficiente na marcação. Tem sido importante em diversas jogadas de ataque da sua equipe, muitas delas resultando em gols.
BERIMBAU, ala direita do Comercial, é um atleta moderno, que defende e ataca com a mesma eficiência. Cobra faltas com rara maestria e chega com facilidade para concluir em gol.


NIEL, ala direita do 4 de Julho, chegou quando o campeonato já estava quase na metada. E mostrou que continua o mesmo, ocupando vários espaços do campo como manda o futebol de hoje. É importante em qualquer esquema.


ÍNDIO, zagueiro do River, foi o atleta mais regular do time tricolor em todo o campeonato. Tempo de bola perfeito, saídas para o ataque na hora certa e uma contagiante vibração a qualquer jogada em favor do seu time.


JÚNIOR SOARES, zagueiro do Comercial, tem ´boa estatura e uma impulsão que aproveita nas subidas ao ataque, cabeceando com perigo para o gol adversário. Tem uma boa visão de jogo e sabe jogar pelos dois lados da zaga.


NILDO, zagueiro do Barras, um dos últimos a chegar para o vice-campeão piauiense, tem sido um dos grandes destaques da equipe barrense desde que assumiu a condição de titular.


ALEX MINEIRO, zagueiro do River, veio com a responsabilidade de ter disputado o Campeonato Carioca. Não decepcionou e foi um grande valor no setor defensivo do River. E ainda encontrando espaço para ser marcar seus gols.


ZEZÉ, zagueiro do River, exemplo de seriedade dentro e fora do campo, um capitão digno de respeito pela sua conduta como profissional. Pela postura e pelo bom futebl, não poderia ficar fora desta lista.


SERGINHO MATOGROSSENSE, zagueiro do 4 de Julho, era praticamente irrecuperável, garantiam alguns analistas, fazendo refelrência ás muitas expulsões e a fama de boêmio que começava a perseguir o atleta. Sabendo do valor da oportunidade que Moroni estava lhe dando, voltou a ser o Serginho dos tempos de Flamengo, quando conquistou o título de 2003 e foi o melhor em sua posição.


MICAEL, ala esquerda do Barras, é jogador para qualquer time do norte-nordeste do país. Bom na marcação, melhor ainda no apoio. Cabelos à Bobby Marley, faz uma grande temporada no futebol piauiense.


CARLINHOS, ala esquerda do 4 de Julho, é uma grande surpresa para quem acompanha o Campeonato Piauiense, embora não seja um novato. Talvez motivado pelo grande time que o 4 de Julho formou, mostrou um futebol objetivo, moderno, enfim, de gente grande.


WESCLEY, ala esquerda do Comercial, não é considerado uma grande estrela da sua equipe, mas, "comendo pela beiradas", vai fazendo seu nome como um dos jogadores importantes no time montado pelo técnico Cícero Leite.


SAVOCA, volante de Picos, tem um futebol bastante regular. Titular absoluto do time picoense, sabe se colocar à frente da zaga e também apóia o ataque. Até marcou um belo gol na competição.


ERIVAN, volante do Barras, já é conhecido do torcedor piauiense, com passagens marcantes pelo Flamengo e pelo próprio Barras. Dispensa maiores comentários. Um ótimo cabeça de área.


LAU, volante do Comercial, trata-se de um excelente jogador. Grandes atuações como volante e também na zaga. Jogador imprescindível não apenas para o Comercial, mas para qualquer equipe que queira formar um bom plantel.


LUCIANO, volante do River, foi de uma regularidade impressionante. Esteve sempre jogando bem, destruindo, chutando a gol, levando sua equipe à frente. Esforço quase em vão diante da inoperância do ataque tricolor.


TOTONHO, volante do Barras, é outro jogador já conhecido do torcedor piauiense. Experiente, tem no desarme e na potência do chute as suas maiores virtudes, embora esta última não esteja sendo muito bem aproveitada nos últimos anos.


EDÍLSON, volante do Piauí, foi um dos poucos a se salvar do naufrágio rubro-anil. Quem pensava que ele tinha acabado deu com os burros n'água. Edilson jogou um bolão, mas muito pouco para livrar seu time do rebaixamento.


HENRIQUE, meia direita do Comercial, tem sido o termômetro do time desde o início da pré-temporada. Mesmo com Maradona em campo, Henrique chamou para si as atenções da torcida e da imprensa. Não deve domorar por aqui. E se ficar, merece disputar a Série C por qualquer um dos nossos representantes.


THOMAS, meia direita do Piauí, voltou a jogar o futebol que o consagrou como uma grande revelação do Flamengo, em 2006. Sempre que esteve em campo, fez o time crescer. E na única oportunidade que lhe deram para jogar 90 minutos, contra o Parnahyba, o Piauí conquistou sua única vitória. Num time melhor estrutrado, o jovem meia de 21 anos não vai demorar a ser reconhecido como craque.


WELLINGTON, meia direita de Picos, é uma arma que o time picoense não pode deixar de aproveitar. Quando entra no jogo, geralmente marca gols importantes. E tem uma boa dose de sorte. Contra o Parnahyba, fez o gol da classificação na primeira bola que pegou depois que entrou no gramado.


ALCIMAR, meia esquerda do 4 de Julho, dispensa comentários. Craque consumado, quando quer acaba com qualquer sistema defensivo.


DUDÉ, meia esquerda do Picos, faz uma ótima temporada pelo time do município modelo. Jogador criativo, também é artilheiro. Um dos reforços que se afirmaram na equipe picoense.


NANÁ, meia esquerda do Barras, não se houve bem no início da temporada. Seu nome chegou a ser cogitado numa provável dispensa, mas o técnico Flávio Araújo fez questão de lhe dar o tempo que precisava para mostrar o que ele, Flávio Araújo, já sabia. Bom jogador e boa visão de gol.
NENÉM, atacante do 4 de Julho, principal goleador do Campeonato Piauiense. Precisa mais alguma referência?


MARCOS TÚLIO, atacante do Parnahyba, superou o riverino Curiri. O atacante do River fez algumas atuações de destaque durante os jogos de ida, mas foi caindo vertiginosamente de produção. Ao contrário do atacante do Parnahyba, que cresceu no final e terminou com 5 gols.


PAUÃO, atacante do Comercial, tem boa movimentaçaõ dentro da área, confundindo qualquer sistema defensivo. Um bom jogador que tem marcado presença com boas atuações.


DIDI POTIGUAR, atacante do 4 de Julho, também joga na meia. Tecnicamente muito bom, tem ótima visão de jogo, se coloca muito bem e finaliza com ótimo percentual de acerto.


RIGOBERTO, atacante do Picos, apesar de baixinho, é um tormento para qualquer defesa. Se mexe muito e deixa qualquer zagueiro confuso. Aparece nos espaços vazios e marca gols com facilidade.


JONIEL, atacante do 4 de Julho, não tem mais o que mostrar para o torcedor piauiense. Poderia ser um dos mais completos atacantes do futebol piauiense, com excelente aproveitamento nas jogadas aéreas, mas alguns fatores extra-campo parecem ter atrasado sua carreira.




FONTE:SEVERINO FILHO (BUIM)

Nenhum comentário:

PREVISÃO DO TEMPO NAS PRINCIPAIS CIDADES DO PIAUÍ

Globo e Band